Nossa Faculdade

HISTÓRIA


A cidade de Corumbá
Corumbá é um município brasileiro da região Centro-Oeste, localizado no estado de Mato Grosso do Sul. Localizada na região Centro-Oeste do Brasil, na margem esquerda do rio Paraguai e também na fronteira entre o Brasil, o Paraguai e a Bolívia, Corumbá é considerada o primeiro pólo de desenvolvimento da região, e por abrigar 50% do território pantaneiro, recebeu o apelido Capital do Pantanal[10], além de ser a principal e mais importante zona urbana da região alagada. Também conhecida como cidade branca pela cor clara de sua terra, pois está assentada sobre uma formação de calcário, que dá a cor clara as terras locais. Corumbá é a terceira cidade mais importante do estado em termos econômicos, culturais e populacionais depois de Campo Grande (a capital do estado) e Dourados. Constitui o mais importante porto do estado de Mato Grosso do Sul e um dos mais importantes portos fluviais do Brasil e do mundo. Existe uma conurbação de Corumbá com mais 3 cidades: Ladário, Puerto Suarez e Puerto Quijarro. Com isso existe uma rede urbana de cerca de 150 mil pessoas, sendo atendida por dois aeroportos: Corumbá e Puerto Suárez.
Os Salesianos em Corumbá
Nos idos de 1899 chegaram a Corumbá, cidade situada na margem direita do Rio Paraguai, vindos de Cuiabá, os Padres Salesianos, e em 4 de abril do mesmo ano, iniciaram suas atividades educacionais numa casa alugada.
0 primeiro Diretor oficial, nomeado, foi o Pe. Angelo Cavatorta, que assumiu em 1899.
Em 1902 foi lançada a pedra fundamental do Colégio Santa Teresa no local ocupado até a presente data, estando presente o inspetor Pe. Antonio Malan e como Diretor o Pe. Artur Castells. Em 1905 houve a inauguração do colégio.Em 1948 o Colégio contava com 285 alunos. Em 1951 o então diretor Pe. Miguel Alagna inaugura um anexo denominado Círculo Operário D. Bosco, obra social e assistencial, sendo que no mês de junho do mesmo ano foi colocada a pedra fundamental da sede dos ex-alunos. Em 1972, com espaço ocioso e somente 400 alunos, inicia-se uma nova etapa através de convênio de colaboração com o Estado de Mato Grosso, e o prédio passa a abrigar a Escola Estadual Santa Teresa, escola conta com 4000 alunos. Em 1986 o Colégio volta a ser particular com convênio de cedência de professores por parte do Estado de Mato Grosso do Sul.
Em 2009, o Colégio de Santa Teresa está celebrando seus 110 anos. A Faculdade Santa Teresa nasceu dessa grande árvore educativa que tem florido e dado frutos em abundância nesses 110 anos. A Faculdade Santa Teresa é resultado e projeção do trabalho desenvolvido pelos salesianos e leigos e o desabrochar de um compromisso salesiano de educar com compromisso, seriedade e competência.
História da Faculdade: Processo de Transferência Para a Missão Salesiana de Mato Grosso
No ano de 2003 foi iniciado o processo de Transferência de Mantença do Instituto de Ensino Superior do Pantanal – IESPAN, até então mantido pela Associação de Ensino Superior do Pantanal – AESPAN, para a Missão Salesiana de Mato Grosso – UCDB - concretizado pela Portaria n. 347 de 01 de fevereiro de 2005, do Ministério da Educação e Cultura, publicada no D.O.U., de 03/02/05.
O IESPAN oferecia os seguintes cursos de graduação:
Nome do Curso Início
- Ciências Econômicas 1999
- Direito 2003
- Turismo 1999
- Zootecnia 1999

Em 29 de agosto de 1998 foi publicada a Portaria MEC n. 788 de 27/07/1998 credenciando o IESPAN pela autorização de funcionamento do curso de Zootecnia. Os cursos ofertados do IESPAN são os seguintes:
Curso Início Dados Legais
Autorização Reconhecimento
Documento Prazo
Ciências Econômicas 01/03/1999 Portaria MEC 94 de 14/01/1999, publicada em 18/01/1999. Portaria MEC 3.975 de 06/12/2004, publicada em 08/12/2004. 03 anos
Direito 01/03/1999 Portaria MEC 3.352 de 05/12/2002, publicada em 06/12/2002.
PORTARIA Nº 873, DE 15 DE JULHO DE 2009.
A Secretaria de Educação Superior, usando da competência que lhe foi conferida pelo Decreto nº 5.773, de 9 de maio de 2006, alterado pelo Decreto nº 6.303, de 12 de dezembro de 2007, e tendo em vista o Parecer do Relatório SESu/DESUP/COREG nº 230/2009, da Diretoria de Regulação e Supervisão do Ensino Superior, conforme consta do Processo nº 23000.003197/2006-38, Registro SAPIEnS nº 20050014904.
Turismo 01/03/1999 Portaria MEC 1.218 de 30/10/1998, publicada em 03/11/1998. Portaria MEC 3.974 de 06/12/2004, publicada em 08/12/2004. 04 anos
Zootecnia 01/03/1999 Portaria MEC 788 de 27/07/1998, publicada em 29/07/1998. Portaria MEC 2.891 de 24/08/2005, publicada em 26/08/2005.
Definição da Identidade da Faculdade Salesiana de Santa Teresa
A Faculdade Salesiana de Santa Teresa - FSST - é uma instituição confessional, católica e salesiana, que tem sua missão fundamentada nos valores éticos e cristãos da pedagogia de seu fundador S. João Bosco e busca “capacitar profissionais e contribuir na formação de cidadãos conscientes de suas responsabilidades com o ser humano, comprometidos com a ética e a justiça social”.
A FSST é mantida pela Missão Salesiana Católica de Mato Grosso – MSMT, entidade católica, beneficente, educativo-cultural e de assistência social e considerada uma das maiores Organizações Não-Governamentais na área educativa e de promoção social da juventude nos estados onde atua: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e oeste de São Paulo.
A FSST no contexto do ensino superior da MSMT se encontra como um ponto avançado e de apoio pela peculiaridade da região, pois além de se constituir numa região de turismo deve ser explorada pelas suas riquezas minerais, faunísticas, vegetação e até arqueológicas. Assim as Universidade e Faculdades que hoje integram a IUS da MSMT têm uma região a ser utilizada para pesquisa em diversos campos.
A Faculdade Salesiana no Contexto Atual
A Faculdade Salesiana de Santa Teresa, desde sua implantação até o presente momento, procura atender as necessidades locais, no que tange à formação de cidadãos e profissionais aptos a participarem ativamente do processo de desenvolvimento da região em que vivem, região esta cujas desigualdades sociais ainda são marcantes.
A idoneidade da mantenedora, no campo de ensino, é plenamente comprovada por não ter havido, durante todo o tempo de existência, irregularidades na administração do ensino, interrupções no funcionamento dos cursos.
Atualmente, a Faculdade oferece três cursos de graduação (Direito, Administração e Economia), em plena expansão de suas atividades. A capacidade de investimento, a seriedade e o interesse da instituição pode ser verificado no aceite da Instituição na comunidade local e na procura da mesma pelos vários setores da comunidade.
A FSST é uma referência hoje em infra-estrutura para a região. Atualmente a FSST possui:

- 14 salas de aula com ambiente confortáveis e climatização
- Sala de multimídia
- NUPRAJUR com 6 escritórios e secretaria
- Biblioteca moderna
- Chácara Band´Alta
- Auditório com 420 lugares
- Auditório com 160 lugares
- Rampas permitindo acessibilidade ao portadores de necessidades especiais
- Banheiros apropriados para portadores de necessidades especiais
- 02 laboratórios de informática com 70 unidade de PC
- Piscina semiolímpica
- Pátios e quadras amplos
- Novo Portal

Os projetos de cursos/atividades e os cursos ministrados pela FSST serão supervisionados pela Diretoria, e em matéria didática-científica e pedagógica coordenados pelas Coordenações, respeitadas as competências das demais unidades.

Acontece na FSST  


BOLSA SOCIAL 2018